Uma equipe formada pelo Ministério Público, Secretaria Municipal de Saúde, Cidadania e Assistência Social, e Conselho Municipal dos Direitos do Idoso está vistoriando doze clínicas geriátricas em Cachoeirinha para avaliar as condições de funcionamento.

Itens como alvarás, higiene, número de pacientes, instalações, prontuários, aplicações medicamentosas e estado dos cômodos serão verificados. No entanto, as datas em que ocorrerão as vistorias não serão divulgadas.

A 1ª promotora de justiça cível de Cachoeirinha, Fernanda Weiand Braun, explica que até mesmo a definição do local a ser vistoriado é feita minutos antes, para que a informação não vaze e o proprietário não tenha a oportunidade de encobrir alguma irregularidade.

Marlete Soares, fiscal da Vigilância Sanitária, afirma que é comum não haver ambiente próprio para refeições ou existir número de pacientes excedido. Segundo a fiscal, os proprietários sabem dos requisitos necessários para se manter uma clínica geriátrica, mas insistem em transgredi-los. 

Fonte: Site da prefeitura de Cachoeirinha

Créditos Destaque: Ana Maciel