Nos últimos dias, Santa Catarina tem passado por momentos de tensão. Uma onda de violência tomou conta das ruas de 13 cidades. A Polícia Militar do estado já contabiliza 46 pessoas detidas e três mortes por suspeita de envolvimento nos incidentes.

Desde segunda-feira (12/11) mais de 40 ações criminosas foram registradas em Florianópolis, São José, Criciúma, Palhoça, Blumenau, entre outros municípios.

Os ataques se caracterizam, principalmente, pelo incêndio de ônibus, carros da Polícia e particulares. Também foram disparados tiros contra bases da PM e presídios.

Autoridades de segurança de Santa Catarina apuram a hipótese de que os ataques estejam relacionados a denúncias de maus-tratos em presídios do estado.

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Aldo Pinheiro, a principal linha de investigação aponta um grupo de presidiários que mantém contato com as ruas e coordena as ações.

Fonte: G1

Créditos destaque: Gabriela Machado/RBS TV