Eufrásio e Márcia são casados há 30 anos. Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

A história é de amor, companheirismo, respeito, admiração e amizade. Márcia Dorneles Nunes (52) e Eufrásio Nunes Neto (53) se conheceram na adolescência, quando estudavam no Colégio Dom Feliciano. Embora não tivessem se visto antes, as famílias eram amigas. Se apaixonaram e casaram no dia 15 de dezembro de 1990, na Paróquia Nossa Senhora dos Anjos (Igreja Matriz), com direito a uma grande comemoração. Recepcionaram cerca de 600 convidados em um churrasco no CTG Aldeia dos Anjos. “A festa foi até à noite, inclusive, com baile. Foi tudo muito simples e lindo. Na época, as festas não tinham pompas como se tem hoje. Amigos ainda comentam a nossa festa e dizem que será inesquecível”, conta a pedagoga, que se aposentou em 2018.

Foto: Arquivo Pessoal

O casal completou, no mês passado, 30 anos de união. Uma viagem para Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, marcou a celebração. Em 2015, nas Bodas de Prata, eles promoveram outra festa memorável, com a presença dos filhos Gabriel (26) e Leonardo (21), e outras pessoas especiais em suas vidas. Avós de Gustavo, de três anos e meio, Márcia e Eufrásio são exemplos de que além do amor, um relacionamento deve preservar o respeito à individualidade do parceiro e a cumplicidade. “A afetividade que deve ser alimentada diariamente”, completa a professora. Para o representante comercial, o amor pela família é um dos aspectos que sempre lhe encantaram na esposa. A relação de carinho e amizade também é destacada por ela, que admira a honestidade e o caráter do marido, um “parceiro e amigo de todas as horas, além de um pai e avô maravilhoso”.

Hoje em dia, os momentos com a família e os amigos são conciliados com o trabalho. Mesmo assim, Márcia e Eufrásio não abrem de um tempinho juntos. “Para o nosso namoro, que mesmo após 35 anos de relacionamento segue sendo cultivado todos os dias”, frisa a pedagoga, que passará parte da temporada ao lado do amado, na praia de Mariluz, em Imbé.

*Matéria publicada na edição de janeiro da Evidência.