Foto: Divulgação/CBF

Dizem que parcerias são, muitas vezes, como casamentos. Sendo assim, o chefe de cozinha Jaime Maciel e a Seleção Brasileira já comemoraram Bodas de Prata! O gaúcho do município de Santiago, que já morou e teve um restaurante em Gravataí, dedica-se há 25 anos ao trabalho junto às equipes masculina e feminina e as categorias de base da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Ao longo deste percurso foi responsável pela alimentação dos atletas e comissão técnica em vários eventos. A emoção de estar ao lado do grupo nas conquistas importantes, assim como a frustração após as derrotas fazem parte da rotina do profissional, extremamente responsável e dedicado aos preparos na cozinha da Granja Comary, onde acompanhou, recentemente, os preparativos dos jogadores para as Eliminatórias da Copa do Mundo, que ocorre no Catar, em 2022.

Foto: Arquivo Pessoal

Segundo o cozinheiro, por causa da pandemia de Covid-19, desde a retomada das partidas – inicialmente suspensas como medida de prevenção ao coronavírus – tem sido feito um forte trabalho de conscientização com os funcionários e demais membros da equipe técnica. No período sem jogos, aliás, ele permaneceu no seu apartamento em Teresópolis, com a esposa, Maria da Conceição. “Assim que foi permitido, os colaboradores foram autorizados a voltar à Granja Comary de forma intercalada com realizações de exames periódicos”, recorda, acrescentando que o trabalho mudou um pouco, mas nada que impedisse a rápida adaptação. “Meu trabalho está normal, porém com mais protocolos de saúde e higiene a serem seguidos. Como exemplo, menciono as viagens, nas quais todos são testados no início e na chegada ao destino. Em relação à cozinha, temos as mesmas exigências de todos, uso de máscaras e álcool em gel com mais frequência.”

Jaime revela que sempre procura preparar refeições simples e que os jogadores não fazem exigências quanto ao cardápio, mas que alguns itens são, de fato, uma preferência nacional: “arroz, feijão e massa todos adoram!” Em ocasiões especiais, como aniversários, muitas vezes, um bolo é feito para presentear o homenageado do dia.

Com um carinho especial por Gravataí, onde moram os filhos Lisiane, Diego e Tamyres, o chefe de cozinha antecipa que a intenção é vir para cá este mês, passar o fim de ano com a família reunida. “Todos tomando os cuidados necessários e evitando aglomerações”, comenta. Na expectativa de acompanhar de perto mais um mundial, ele está na torcida para que logo tenhamos acesso a uma vacina contra a Covid-19. “Para que todos possam se sentir mais seguros”, frisa.

*Reportagem publicada na edição de dezembro da Evidência.