Campeonato foi promovido no sábado passado. Foto: Prefeitura de Gravataí

Jogos de taco marcaram a infância e a adolescência de muitas pessoas entre as décadas de 1980 e 1990. A modalidade foi atração do programa Gravataí Mais Verão na manhã do último sábado (8/2), no campo da Amovale, na Morada do Vale III. A iniciativa é desenvolvida pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer. Ao final da competição, duas duplas se destacaram, uma de atletas de pingue-pongue  (Leandro e Matheus) e outra de atletas da equipe de futebol do Bola Bola (Cristiano e Tupi). Quem se deu melhor foi o futebol, uma amostra que, além da brincadeira e da diversão, o esporte é múltiplo e abrange a todos.

O jogo

O tacobol é uma brincadeira tradicionalmente de rua, envolvendo duas duplas, e tem algumas semelhanças com beisebol e críquete, esportes pouco conhecidos no Brasil. Uma dupla fica com a bola, geralmente de tênis, e a outra com os tacos. Já a garrafa, que deve ser acertada por um dos componentes da dupla, fica dentro de um círculo. Ao lado do círculo, fica um componente de cada dupla.

Um dos jogadores arremessa a bola, tentando derrubar a garrafa, enquanto no outro círculo, outro jogador tenta rebater o mais longe possível. Se o jogador do taco conseguir rebater a bola para longe, o que a arremessou deve correr para pegá-la. Enquanto o componente não volta com a bola, os jogadores do taco cruzam o espaço entre um círculo e outro, tocando o instrumento entre si. Quanto mais vezes os tacos forem cruzados, mais pontos são marcados.

Fonte: Prefeitura de Gravataí