Uma tempestade geomagnética – a maior registrada desde 2005 – atinge a Terra nesta terça-feira (24/01), podendo afetar rotas aéreas e comunicações via satélite. O que provoca a tempestade é uma erupção solar que ocorreu no último domingo (22/01).

Segundo a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), a erupção projetará partículas de prótons para a Terra até a próxima quarta-feira. “A própria erupção em si não tem nada de espetacular, mas ejetou ao espaço uma massa coronal (nuvem de plasma de intenso campo magnético) a uma velocidade fenomenal de 6,4 milhões de km/h”, disse Doug Biesecker, físico do Centro de Previsão do Clima Espacial da NOAA.

Apesar de ser a tempestade deste tipo mais forte desde 2005, foi classificada como de categoria 3 em uma escala que vai até 5, afirmou Biesecker. Por isto, é considerada "forte", mas não "grave".

Fonte: Yahoo / Zero Hora

Créditos Destaque: AFP / NASA / SDO