O Sindilojas Gravataí lançou oficialmente, na tarde da última segunda (29), a campanha SOS Varejo, visando mostrar a contrariedade dos empresários do comércio quanto ao uso do dinheiro dos impostos nos três níveis de governo. Empresários da Região Metropolitana e de Gravataí se uniram para formar o SOS, que apresentou ainda um documento chamado “Carta de Gravataí”, que será encaminhado aos três poderes do Estado.

“Queremos dar um basta a esta sangria dos cofres públicos, do dinheiro dos nossos impostos. Os recursos que deveriam ser aplicados em melhorias na saúde, educação, segurança pública e infraestrutura ficam comprometidos, em sua maior parte, com o pagamento de altos salários em todos os escalões do setor público”, disse o presidente do Sindilojas do Município, José Rosa.

Um dos exemplos citados por Rosa é o reajuste que o Supremo Tribunal Federal (STF) pleiteia concluir: a elevação dos salários dos ministros, de R$ 29,4 mil para R$ 35,9 mil. “Defendemos que este não é o momento adequado para os reajustes. Vão comprometer receitas que já fazem falta hoje para atender a população”, completou o presidente do Sindilojas Gravataí.

Fonte: Sindilojas