Já que o período da Copa coincide com a época de nevoeiros na região de Porto Alegre, o aparelho ILS2, que melhora as operações de pouso e decolagem em dias assim, foi liberado para uso pela Anac.

Segundo a assessoria da Infraero, o aeroporto Salgado Filho conta hoje com a categoria I do ISL e está em processo de implantação da categoria II. A instalação do equipamento foi concluída e aprovada pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo do Comando da Aeronáutica (Decea). No momento, a Infraero está providenciando os documentos necessários para que a Anac possa concluir o processo de homologação nos próximos dias. Ainda não há previsão de quando o equipamento entrará em funcionamento.

Ao todo, o Salgado Filho fechou 15.454 minutos, o equivalente a 259 horas ou dez dias, nos últimos 12 anos.

Entenda o que fazem os aparelhos ILS

O ILS 1, é o mais limitado dos três. Exige maior visibilidade vertical e horizontal.

O ILS 2 permite operações em condições menos favoráveis. Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro têm esse tipo.

O ILS 3 permite operações sem visibilidade. No aeroporto de Heathrow (Londres), por exemplo, o piloto consegue pousar praticamente às cegas.

 

Fonte: Diário Gaúcho

Crédito detaque: Tadeu Vilani/ Agência RBS