Uma Sessão Solene no plenário da Câmara de Vereadores de Gravataí homenageou, na última quinta (27), os 50 anos do Grupo Escoteiro Murialdo. O grupo, capa da Revista Evidência do mês de novembro, recebeu uma placa pelas atividades e ações prestadas no Município desde novembro de 1964.

“Me sinto realizado. Eu olho para trás e, depois de uma caminhada de 49 anos e meio de Murialdo, sinto uma alegria muito grande. É uma realização ter a família aqui no grupo. É indescritível. Acho que não vou parar nunca de ter emoções enquanto escoteiro”, emocionou-se o presidente do grupo, Júlio Barbosa dos Santos Júnior, o Julinho. Para ele, uma de suas grandes realizações foi unir, durante as celebrações do cinquentenário, os cinco integrantes vivos, dos oito, que participaram da primeira patrulha (equipe de escoteiros) do Murialdo, a Quero-Quero, há 50 anos.

Quem também se fez presente foi o primeiro promessado (jovem que realiza a promessa escoteira) do grupo, o geólogo Norberto Lessa Dias, o Betinho, hoje com 63 anos. Betinho era aluno de Nicolau Chiavaro Neto, fundador do Murialdo, em aulas de inglês no primeiro ano do Ginásio. Foi nas aulas que Chiavaro fomentou o sonho do jovem Betinho, então com 12 anos, de participar do movimento: “Fiquei, depois, falando para o meu pai que tínhamos de ir conhecer o escotismo. Eu era um guri que ficava sempre na rua, então aprendi, com 13 anos, a cozinhar para fazer acampamento. O convívio, as regras, as leis, a ética… É uma doutrina de ensinamento informal, mas perfeita”.

A homenagem na Câmara dos Vereadores foi proposta pelo vereador Tanrac Saldanha, que já participou do escotismo, nos anos 1980. “É um trabalho que ensina nossos jovens a serem cidadãos de bem. Comecei como lobinho, há 30 anos, e o mais importante foi o que o movimento me deu como cidadão. Foi importantíssimo na minha vida”, afirmou. Entre escoteiros, pais e amigos, cerca de 70 pessoas acompanharam a Sessão Solene. 

No próximo fim de semana, sábado (29) e domingo (30), o Murialdo promove um acampamento comemorativo ao cinquentenário, na Estância Província de São Pedro. É esperada a visita de outros grupos escoteiros da região. No próximo dia 9 de dezembro, no Quiosque da Cultura, ocorre um coquetel de lançamento da exposição dos 50 anos do grupo – a exposição ficará no Quiosque entre os dias 10 e 18. No meio disso, dia 13, na Cerâmica Querubim, há um pique-nique para encerrar as atividades do Murialdo em 2014. Os encontros voltarão, depois, no segundo sábado de março do ano que vem.