Evandro. Foto: Divulgação

Na Revista Evidência de novembro, os aspirantes a vice-prefeito de Gravataí relatam como será a atuação no governo, caso vençam as Eleições 2020. Fizemos as seguintes perguntas aos candidatos: “Quais serão suas contribuições para a cidade, caso seja eleito?” e “Como será a sua participação na gestão municipal?”. Cada convidado pôde encaminhar uma resposta de até 900 caracteres com espaço. Hoje, destacamos um dos depoimentos fornecidos à reportagem:

Relato de Evandro Soares, que concorre a vice pela coligação Toda força para Gravataí (PSD, DEM, PV, Patriota, DC, Solidariedade e PROS):

“Definimos a formação desta coligação por nos completarmos nas nossas características políticas. Serei um parceiro na abertura do diálogo do governo com a população, as entidades representativas e os conselhos municipais. E, principalmente, no diálogo com os governos estadual e federal. Desde os nossos mandatos como vereadores, já trabalhamos esta aproximação, em visitas a Brasília, ao Piratini e às secretarias estaduais, que garantirão para Gravataí a oportunidade de atrair investimentos e geração e manutenção de empregos. Este meu papel será fundamental no momento da retomada econômica, após a pandemia. Nós teremos uma relação institucional de respeito e negociação constante com as outras esferas governamentais. E eu serei um agente deste processo. O nosso Plano de Governo levará à Prefeitura aos bairros da cidade. E também no sentido contrário, com os nossos gabinetes abertos.”

Perfil: Evandro Ramos Soares tem 46 anos, é natural de Santo Antônio da Patrulha e residente no bairro São Jerônimo. É farmacêutico. É pai de Bernardo e namorado de Juliana Barros. A candidatura é ao lado de Dimas Costa.