Prefeitos e lideranças da Associação dos Municípios da Grande Porto Alegre (Granpal), juntamente com a Secretaria de Infraestrutura e Logística (Seinfra), apresentaram ontem (19/07) a nova proposta de construção da rodovia RS-010 ao governador Tarso Genro. Chamada de “Rodovia do Progresso”, ligará Sapiranga, Campo Bom, São Leopoldo, Canoas, Novo Hamburgo, Cachoeirinha, Sapucaia do Sul, Esteio e Porto Alegre.

O projeto será construído por meio de uma parceria público-privada (PPP), com o objetivo de desafogar a BR-116 e a RS-118. A proposta, avaliada em R$ 4 bilhões, prevê o ingresso inicial de R$ 1,5 bilhão da empresa e a conclusão da obra em seis anos.

A nova proposta mantém 40 quilômetros de extensão da rodovia. Porém, o tamanho total da obra foi ampliado de 67 para 96 quilômetros. Também são sugeridas duas, ao invés de três praças de pedágio. Assim, 92% dos motoristas pagariam a taxa menor, de R$ 2,20. Outro ponto avaliado como positivo pela Granpal é o estudo da empresa Odebrecht apontando que gastos que antes seriam pagos pelo Estado ficarão a cargo da construtora a ser contratada.

Apesar de considerar o novo projeto melhor do que o anterior, o Governador afirmou que o Executivo deverá examiná-lo e apresentar outras opções.

Fonte: Prefeitura de Gravataí e Correio do Povo

Créditos Destaque: Secom