Transporte municipal e intermunicipal intensificou a limpeza e higienização dos veículos. Foto: Divulgação/Sogil

No boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde, na quinta-feira (19/3), consta que 37 casos de coronavírus já foram confirmados em cidades gaúchas. Devido à gravidade da pandemia, o governo do Estado decretou situação de calamidade pública. Com a mudança de status, novas restrições serão adotadas, procurando retardar a propagação da doença no Rio Grande do Sul. Em relação à doença, se houver necessidade de esclarecimentos sobre o coronavírus, a população e profissionais de saúde podem telefonar para o número 150, Disque Vigilância do governo do Estado, ou escrever para o e-mail disquevigilancia@saude.rs.gov.br. O serviço é oferecido de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 22h, e aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 22h. O Sistema Único de Saúde (SUS) também oferece o Disque Saúde 136, de abrangência nacional, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 18h.

Transporte coletivo intermunicipal

Uma das principais medidas anunciadas pelo Governo do Estado na quinta-feira aponta como ficará o funcionamento do transporte coletivo intermunicipal. Conforme o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), além de viajarem com metade de sua capacidade, os ônibus intermunicipais devem transportar os passageiros somente na poltrona da janela para evitar a disseminação do coronavírus. O Daer emitiu, na semana passada, uma ordem serviço permitindo que as empresas ajustem as frotas e os horários das viagens de acordo com a demanda. Os veículos estão equipados com álcool gel, luvas e máscaras cirúrgicas. Foram ampliadas as medidas de higiene no início e no final das viagens, com a realização de limpezas durante trajetos longos.As medidas de higiene também foram reforçadas nas estações rodoviárias.