A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) publicou no Diário Oficial da União, de hoje (04/04), a resolução que autoriza o reajuste de até 6,31% nos preços dos remédios. As alterações valem para três grupos de medicamentos, definidos de acordo com o nível de participação no mercado.

Na categoria com maior envolvimento, onde os genéricos representam 20% ou mais do faturamento, o reajuste pode chegar ao teto máximo estabelecido. Para remédios com faturamento de genéricos entre 15 e 20%, o aumento será de até 4,51% e para os de menor participação, a alta autorizada é de até 2,7%.

Fonte: Agência Brasil

Créditos destaque: Reprodução tribunadonorte.com.br