Por economia ou falta de tempo, muitas pessoas acabam optando por fazer refeições e lanches no ambiente de trabalho, mais especificamente, na sua mesa. De acordo com um levantamento da Associação Americana Dietética (American Dietetic Association), essas pessoas são maioria e, ao fazerem isso, além de deixar de ter um intervalo adequado, correm riscos relacionados à segurança alimentar.  

O mau hábito cria um ambiente favorável ao desenvolvimento de germes. Segundo o estudo, a mesa de trabalho pode ter até 400 vezes mais bactérias do que o assento do banheiro. Isto porque 64% das pessoas costumam limpar o local de trabalho apenas uma vez ao mês, ou ainda menos.

Além de higienizar frequentemente o local, outros fatores são importantes para garantir a segurança alimentar no ambiente de trabalho. Confira as orientações da associação:

– Sempre lave as mãos antes e depois de manipular alimentos;

– Tenha sempre lenços umedecidos ou álcool gel na sua mesa para os momentos em que não puder ir até a pia;

– Se levar algo perecível para comer, guarde adequadamente na geladeira, pois o alimento pode estragar se não ficar refrigerado por mais de duas horas;

– Confira se a geladeira do seu trabalho é limpa com frequência e se está funcionando com a temperatura certa;

– Se for cozinhar ou aquecer a refeição no forno micro-ondas, verifique se ele está higienizado. Além disso, procure sempre cobrir os alimentos.

Fonte: Zero Hora