Foi publicado na edição desta quinta-feira (24/01) do “Diário Oficial” a medida provisória e o decreto que regulamentam as reduções nas tarifas de energia, garantindo a queda no preço da conta de luz. A resolução entra em vigor hoje.

Na noite de ontem, a presidenta Dilma Roussef confirmou, em pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV, que o Brasil tem energia suficiente, não correndo o risco de racionamentos ou qualquer tipo de estrangulamento, no curto, médio ou no longo prazo.

Segundo a presidenta, o corte na tarifa de energia para residências será de 18% e de até 32% para a indústria, agricultura, comércio e serviços. O percentual é maior do que o anunciado em setembro do ano passado.

Fonte: Agência Brasil

Créditos destaque: Sxc.hu