Foto: Douglas Cezimbra/Divulgação

O Quiosque da Cultura apresenta, desde o dia 13 de novembro, a última exposição do Prêmio DANA 2019: “Memórias de um mundo inexistente”, do artista Douglas Cezimbra, vencedor da categoria Destaque. A premiação é realizada pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, com patrocínio master da Dana Holding Corporation, apoio da SMED, SOGIL, IEAVi, Associação Chico Lisboa e Fundação Iberê Camargo.

Provocar sensações como melancolia, alegria e ânsia por um futuro sem preconceitos, onde aflore o sentido e o conhecimento pelo sustentável. Libertar o imaginário e dar outros significados a fotos antigas e recriar um novo cotidiano futurista. Este é o conceito da exposição, que em vinte e cinco obras pretende que o público deixe a imaginação aberta e evasiva.

Indicada para todas as idades e com entrada franca “Memórias de um mundo inexistente” ficará aberta ao público até dia 5 de dezembro, com visitação entre 9h e 18h, de segunda a sexta-feira, no Quiosque da Cultura, situado na praça Leonel de Moura Brizola.