Túnel do Abraço foi inspirado numa ação que ganhou visibilidade nas redes sociais. Fotos: Arquivo Pessoal
Estrutura de plástico foi planejada com acessibilidade, por causa dos hóspedes cadeirantes. Foto: Arquivo Pessoal

É impossível mensurar a felicidade de reencontrar um familiar ou um amigo querido, poder olhar em seus olhos, se certificando de que está bem, e dar um abraço depois de um longo período afastados. Em tempos que exigem o distanciamento social, como medida para proteger a saúde, o hábito de cumprimentar com beijos, abraços e apertos de mão precisa ser evitado. E aí, como faz com a saudade? A equipe do Residencial Geriátrico Três Figueiras pensou numa alternativa: confeccionou o Túnel do Abraço. Trata-se de uma estrutura de plástico, que possibilita o contato, mas com segurança, ou seja, não há risco de contágio, uma preocupação de todos durante a pandemia de Covid-19.

Segundo a administradora do lar, Rubia Lima, a ideia surgiu após o compartilhamento, nas redes sociais, da história de uma família norte-americana que produziu a Cortina do Abraço. “Conversei com a assistente social, Kátia Lima, de que tínhamos que fazer algo parecido, pois nossos hóspedes não poderiam ficar mais tempo longe da família. Já estavam há mais de 60 dias no distanciamento social. Temos 28 hóspedes, sendo 15 mulheres. Este ano, o Dia das Mães teve que ser diferente. Elas só puderam ver os familiares de longe, pois eles não podiam entrar. Tínhamos que fazer alguma coisa, pois isso tudo estava gerando muita tristeza.”

Limpeza do túnel é feita cuidadosamente para segurança dos idosos e familiares. Foto: Arquivo Pessoal

O túnel foi confeccionado por uma artesã e montado em uma área junto à porta lateral da casa. Idosos e familiares só souberam da iniciativa após o primeiro encontro. “Fizemos surpresa. Foi uma emoção muito grande”, comenta Rubia. Como as tradicionais visitas seguem suspensas, a estrutura continuará no local pelos próximos dias. “Os familiares estão vindo em horários determinados. Estamos fazendo isso porque após cada contato é feita a higienização do túnel, do lado de dentro e de fora. Até domingo (31/5), todos os hóspedes terão recebido um abraço. E aí vamos começar de novo, pois já temos familiares pedindo”, conta.

Conforme a administradora, o projeto está tendo grande repercussão na mídia. Vários veículos de comunicação já mostraram a iniciativa. Com isso, a expectativa da equipe é de que mais pessoas se inspirem em ações para levar alegria aos idosos, sem esquecer, claro, de respeitar as recomendações dos órgãos de saúde.