Imagem ilustrativa/Pixabay

Até o dia 4 de março, mulheres de Gravataí que sofreram algum tipo de violência podem se inscrever no projeto IGM Impulsiona. A iniciativa é do Instituto GM (General Motors) em parceria com a Secretaria Municipal de Governança e Comunicação Social (SGCOM), por meio da Casa Lilás, e com o gabinete do prefeito Luiz Zaffalon. A intenção do projeto, 100% online, é contribuir com microempreendedoras que tiveram seus negócios impactados pela pandemia ou pessoas que possuem ideias para empreender, mas não sabem como tirá-las do papel.

A próxima turma inicia em 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Ao todo, serão 50 participantes. Os requisitos para participar são: ter 18 anos ou mais; ter passado por algum tipo de violência doméstica; ter disponibilidade para realizar o curso online de 8 a 12 de março, das 19h às 22h; ser empreendedora ou mulher que possui alguma ideia, tenha aptidão e vontade para empreender e, ainda, possuir um aparelho celular com um chip (o IGM colocará créditos para que as alunas possam assistir as aulas sem prejuízo financeiro ou dificuldade de acesso à internet).

A iniciativa consiste em 20 horas de mentoria online e 360 horas de consultoria personalizada, o que as ajudará a colocar o planejamento em prática e potencializar o seu negócio. O curso é baseado na metodologia exclusiva By Necessity®, criada pela Besouro Agência de Fomento Social, que usa a vivência de cada um para a criação de um negócio com baixo ou nenhum custo. O material didático inclui apostila, matriz e cartões que auxiliam na visualização e na organização da abertura e manutenção do negócio. Após o curso, a nova empreendedora contará com acompanhamento por 90 dias (mentoria), para sanar dúvidas e assegurar a continuidade do negócio. Para se inscrever, basta ligar para a Casa Lilás, no telefone 3600-7720, em horário comercial.

Fonte: Prefeitura de Gravataí