Foto: Henrique Amaral - Aero Studio

A fábrica da General Motors (GM) em Gravataí terá a produção suspensa por três meses. Este mês, a unidade está em férias coletivas. Em abril, passa a valer o lay-off. A previsão de retomada é junho, embora a normalidade possa ser alcançada apenas em julho. A interrupção é atribuída à falta de peças. Em nota, publicada recentemente, o Sindicato do Metalúrgicos de Gravataí (SINMGRA) aponta que “nesse momento a adoção de medidas como as férias coletivas e suspensão do contrato de trabalho (lay-off) são necessárias e adequadas para preservar os empregos e a atividade econômica”. O sindicato também destaca que direitos obtidos em acordo com a empresa estão garantidos, caso do adiantamento da participação resultados, em abril, e do abono, em maio.

*Com informações de Gaúcha ZH