Foto: Prefeitura de Gravataí

Após a circulação, em páginas do Facebook e outras redes sociais, de informações sobre um suposto surto de Covid-19 na UPA 24 Horas, a Prefeitura esclareceu que os dados são falsos. “Esse tipo de comportamento irresponsável pode afastar pacientes que necessitam de atendimento de urgência e emergência junto à UPA 24 Horas, com consequências ainda mais graves à saúde e à vida dos gravataienses”, apontou a Secretaria Municipal de Saúde, em nota publicada no site e Facebook da Prefeitura.

Esclarecimentos da Prefeitura

“Diferentemente do que foi publicado em redes sociais, na UPA 24 Horas de Gravataí, na parada 74, foram dois profissionais de saúde da empresa Prohealth, prestadora de serviços, que realizaram exame PCR, nos dias 13 e 15 de maio. E acabaram confirmados com o diagnóstico de Covid-19. Da mesma forma, como em outros estabelecimentos de atendimento em saúde, como Hospital Moinhos de Vento, Conceição, em Porto Alegre, entre tantos, quando um servidor da área da saúde é diagnosticado com a Covid-19, este é afastado e todo ambiente dos serviços é desinfetado, sem necessidade de parar os serviços de atendimentos à população. Na UPA de Gravataí não foi diferente. Foi feita a desinfecção e tomadas todas as medidas adequadas para tratamento dos profissionais com exame positivado, bem como dos profissionais contactantes. Foram cumpridas todas as medidas cautelares de proteção à saúde dos trabalhadores em saúde e da comunidade atendida por esses profissionais. A testagem segue os protocolos, que tem indicações diferentes para cada caso conforme sua evolução, por isso o acompanhamento definirá o procedimento adequado a ser adotado. Por fim, a Prefeitura tomará todas as medidas judiciais para a responsabilização civil e criminal dos autores e disseminadores desta informação falsa, cujo único objetivo é estabelecer o pânico em nossa comunidade.”