De acordo com o levantamento realizado pelo jornal Zero Hora, o leite teve um aumento de quase 18% para o consumidor, desde a descoberta da fraude do produto. No entanto, segundo a Associação Gaúcha de Supermercados (AGAS), a entressafra é a responsável pela elevação do preço do leite no estado. A associação explicou que a alta deve ocorrer até o fim de julho e volta a cair em setembro.

Em maio, o Ministério Público do Rio Grande do Sul deflagrou uma operação que descobriu que cerca de 100 milhões de litros de leite continham formol, água e ureia. No dia 8 de maio, lotes das marcas Mu-Mu, Latvida, Líder e Italac foram retiradas de circulação em razão da adulteração.

Fontes: Zero Hora e Correio do Povo

Créditos Destaque: sxc.hu