A Campanha de Recolhimento de Equipamentos de Informática e Telefonia Pós-Consumo, promovida pela Fecomércio/RS, pretendia recolher 100 toneladas de equipamentos em todo o Rio Grande do Sul. Porém, a meta foi superada, arrecadando 549 toneladas. O recolhimento de celulares também superou a meta inicial, que era de 20 mil, arrecadando 37 mil aparelhos. A campanha teve início em agosto deste ano e tinha como objetivo retirar do meio ambiente e desmanufaturar itens como celulares, baterias, telefones de mesa, cabos, computadores e seus componentes.

Os dados foram apresentados durante evento na sede da Fecomércio-RS, nesta quinta-feira (24/11), pelo vice-presidente da entidade Joarez Miguel Venço, coordenador do Conselho de Sustentabilidade. Venço falou sobre a importância da atuação sistêmica na realização da campanha que contou com o empenho e estrutura de todas as unidades de Sesc, Senac e sindicatos filiados. O coordenador também ressaltou que o apoio das prefeituras, a logística implantada pela empresa Trade Recycle (apoiadora do projeto) e o trabalho de voluntários foram pontos importantes na superação das metas. “A causa e o comprometimento de todo o Sistema e dos voluntários fez a diferença nesta ação. Se não fosse o engajamento dos 134 municípios participantes essa campanha seria inviável”, afirmou.

Em seguida, Venço recebeu do representante da Trade Recycle, Gilmar Parmigiani, o certificado que confirma a desmanufatura dos equipamentos recolhidos durante a campanha. A logística de recolhimento percorreu 66.328 quilômetros nos municípios envolvidos, que irá resultar no plantio de 137 árvores, a partir da neutralização de Gás Carbônico.

Em Gravataí, foi arrecadada 1 tonelada e 200 celulares recolhidos. Já em Cachoeirinha, 2,8 toneladas foram retiradas e 295 celulares.

Fonte: Fecomércio/RS

Créditos Destaque: Fecomércio/RS