Cerca de 2.500 pessoas assistiram às duas apresentações do espetáculo teatral “Paixão de Cristo de Gravataí”, nos dias 16 e 17 de abril, no Parcão de Gravataí. Sob a direção artística de Daniel Assunção e a direção geral de Paulo Adriane, a produção, viabilizada com recursos da Lei Rouanet por meio do Ministério da Cultura, em co-realização com a Prefeitura de Gravataí por meio da Fundação de Arte e Cultura (Fundarc) e patrocínio da Triunfo-Concepa, o espetáculo voltou ao calendário oficial da cidade após dois anos sem ocorrer. Paulo considera que a parceria com iniciativa pública foi um ponto de destaque nesta edição, provando que a soma de esforços qualifica a produção cultural. “A cultura é vetor de desenvolvimento social e, um produto cultural da qualidade como o da A Paixão de Cristo, dinamiza a cadeia produtiva, pela grande quantidade de empregos que enseja”, aponta o diretor e ator. Destaca, também, as sensações de superação e de plenitude ao final do espetáculo, que voltou em grande estilo. A dramatização teve como grande novidade a busca pela acessibilidade. Deficientes Visuais puderam acompanhar o espetáculo em sua totalidade, devido ao recurso de audiodescrição. As ações que ocorriam no palco, os cenário, adereços, figurinos, expressões e movimentos de cada ator eram detalhadamente narrados enquanto o público, munido de fones de ouvido, permanecia atento. Aproximadamente 80 postos de trabalho direto foram gerados ao longo da produção, que reuniu artistas, técnicos e produtores, de destacada atuação no cenário gaúcho.

 

O espetáculo teatral Paixão de Cristo de Gravataí descreve os eventos e os sofrimentos – físicos, espirituais e mentais – de Jesus nas horas que antecederam seu julgamento e sua execução através da crucificação. Apresentado desde 1999, a Paixão de Cristoé um dos principais eventos culturais do Vale do Gravataí. Desde 2010, está inserido no calendário oficial da Prefeitura de Gravataí e é ansiosamente aguardado pela população gravataiense. Neste ano, comemora-se 15 anos da realização da primeira edição do evento. A Paixão de Cristo de Gravataí tem direção musical de Everton Rodrigues, figurinos de Glau Barros, cenário e adereços de Dealynson Veiga, coreografias de Sayonara Sossa, direção de produção de Renata Becker, produção executiva de Vinicius Soares, planejamento cultural e assessoria de imprensa de Silvia Abreu. No elenco, nomes premiados do cenário gaúcho, como o ator Sirmar Antunes e a atriz Glau Barros. O espetáculo teatral Paixão de Cristoé uma realização da Cia. d­e Atores Independentes, Ministério da Cultura, Fundarc e Prefeitura Municipal de Gravataí, com Patrocínio Ouro da Triunfo-Concepa. Tem o apoio da Caixa Econômica Federal, Sindilojas. CTG Aldeia dos Anjos e Sogil.

Confira a galeria com belíssimas imagens feitas pela fotógrafa Aline Macedo clicando aqui

 

Crédito destaque: Aline Macedo