Na última terça-feira (19/07), a Câmara de Vereadores de Gravataí aprovou a abertura de um segundo processo de impeachment contra a Prefeita Rita Sanco. Por 10 votos a 4, os parlamentares decretaram a criação de uma nova comissão processante para averiguar as denúncias apresentadas pelo Vereador Ricardo Canabarro, do Partido Verde (PV).

A comissão, criada em 10 de junho, teve os trabalhos suspensos por uma liminar da Justiça, que apontou erros no texto das denúncias. A juíza Dulce Gomez Oppitz deferiu a liminar, ao determinar que a comissão só analise aspectos políticos, e não jurídicos da prefeita. Os vereadores já encaminharam a manifestação e aguardam o pronunciamento da magistrada.

Fonte: Correio do Povo