Foto: Arquivo/PMG

O caminho para a retomada das aulas presenciais foi assunto da live da Prefeitura de Gravataí na última terça-feira (15/9). Jean Torman, titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), explicou o trabalho da pasta junto à Secretaria da Educação (Smed) na organização de reuniões para ouvir profissionais que atuam em escolas e pais de alunos. Tendo em vista a pandemia, o objetivo da iniciativa é traçar estratégias e protocolos visando à volta ao ambiente escolar de maneira segura, viável e no tempo certo. “Mais importante do que apresentarmos uma data específica para este retorno, é dialogar com as pessoas e trocar informações que são importantes tanto para o poder público como para a comunidade escolar”, disse o secretário. “É esta base de informações que vai determinar a nossa decisão, que envolve qual o tempo correto para o retorno das atividades, a partir de qual grupo, em que formato de ocupação das instalações físicas e também questões inerentes ao transporte coletivo e ao transporte escolar”, acrescentou. De acordo com a Prefeitura, está sendo elaborado um projeto de lei que visa à flexibilização para a retomada das unidades escolares que não dispõem de alvará sanitário vigente e em que condições isso será possível.  O projeto será encaminhado à Câmara de Vereadores.