O Governo Federal pretende investir R$ 125,7 bilhões na construção de 2 milhões de moradias até 2014. O investimento faz parte da segunda fase do programa Minha Casa, Minha Vida. Durante o programa de rádio Café com a Presidenta, da EBC, na manhã desta segunda-feira (05/12), Dilma Rousseff comentou que neste ano o programa contratou a construção de 354 mil moradias em todo o país.

Na primeira fase do Minha Casa, Minha Vida, ainda durante o governo Lula, foram construídas mais de 1 milhão de casas. Neste ano, também foram concluídas as obras de 400 mil casas e apartamentos, e mais de 500 mil estão em obras, segundo a presidente.

A prioridade do programa é atender a população de baixa renda, famílias que ganham até R$ 1,6 mil mensais. O governo subsidia uma parte do valor do imóvel e o morador paga prestações que comprometem, no máximo, 10% da renda familiar. "A família que ganha menos de R$ 500 vai pagar uma prestação de R$ 50 por mês. Quem ganha mais vai comprometer apenas 10% de sua renda. Nos dois casos, as prestações serão pagas durante dez anos e a diferença entre o valor pago e o custo da casa fica por conta do governo, ninguém acumula dívida", explicou Dilma.

Dilma também comentou que as famílias que moram em áreas de risco também são priorizadas pelo programa. "Para essas famílias, o Minha Casa, Minha Vida já contratou a construção de 42 mil casas e apartamentos."

Fonte: Terra

Créditos Destaque: turistamalemolente.com.br