Na manhã desta quarta-feira (14/03) o técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, divulgou a pré-lista com 52 convocados para as Olimpíadas 2012, conforme norma do Comitê Olímpico Internacional (COI). O atacante Leandro Damião, o meia Oscar, e o zagueiro Romário, do Internacional, além do volante Fernando, do Grêmio, estão relacionados e poderão fazer parte da Seleção Olímpica.

Os times brasileiros com mais jogadores pré-convocados são Vasco, Atlético-MG, São Paulo, Internacional e Santos. Dos 52 nomes, 16 estão acima da idade olímpica e disputam as três vagas para essa categoria. Mano anunciou que no dia 08/06 a pré-lista será reduzida para 35, e, finalmente, no dia 06/07, sairá a listagem oficial dos 18 atletas que viajarão para Londres. Os Jogos Olímpicos acontecem de 27/07 a 12/08.

Confira a pré-lista

Goleiros
Diego Alves (Valencia), Gabriel (Cruzeiro), Jefferson (Botafogo), Julio César (Inter de Milão), Neto (Fiorentina), Rafael Cabral (Santos) e Renan Ribeiro (Atlético-MG).

Laterais
Adriano (Barcelona), Alex Sandro (Porto), Daniel Alves (Barcelona), Danilo (Porto), Fágner (Vasco), Gabriel Silva (Novara), Galhardo (Flamengo), Marcelo (Real Madrid) e Rafael (Manchester United).

Zagueiros
Bruno Uvini (Tottenham), David Luiz (Chelsea), Dedé (Vasco), Juan (Inter de Milão), Lucas Mendes (Coritiba), Luisão (Benfica), Marquinhos (Corinthians), Romário (Internacional) e Thiago Silva (Milan).

Volantes
Allan (Vasco), Casemiro (São Paulo), Elias (Sporting), Fernandinho (Shakhtar Donetsk), Fernando (Grêmio), Rômulo (Vasco) e Sandro (Tottenham).

Meias
Bernard (Atlético-MG), Douglas Costa (Shakhtar Donetsk), Dudu (Dínamo de Kiev), Elkeson (Botafogo), Paulo Henrique Ganso (Santos), Giuliano (Dnipro), Hernanes (Lazio), Lucas (São Paulo), Oscar (Internacional) e Philippe Coutinho (Espanyol).

Atacantes
Alexandre Pato (Milan), André (Atlético-MG), Henrique (Granada), Hulk (Porto),Jonas (Valencia), Leandro Damião (Internacional), Neymar (Santos), Ronaldinho Gaúcho(Flamengo), Wellington Nem (Fluminense) e Willian José (São Paulo).

Fonte: Site CBF
Crédito destaque: Rafael Ribeiro/ CBF