A presidenta Dilma Rousseff sancionou ontem (20/12), sem vetos, o texto que altera a Lei Seca, modificando, assim, o Código Brasileiro de Trânsito. Com isso, as punições para motoristas flagrados dirigindo alcoolizados serão mais rígidas. A multa para quem for pego conduzindo sob efeito de bebidas alcoólicas ou drogas psicoativas aumentou dos atuais R$ 957,65 para R$ 1915,30, no caso de reincidência o valor será dobrado. O motorista também terá a carteira de habilitação apreendida.

A nova lei também avança ao admitir outros meios para comprovar o uso de álcool pelo condutor, como testemunhos, imagens, vídeos, perícias, exames ou qualquer outro tipo de prova que puder ser admitida no tribunal.

Publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União, o texto alterado já está em vigor. Com a sanção, as novas regras já serão aplicadas nas operações das polícias rodoviárias durante o período de festas de final de ano e férias.

Fonte: Agência Brasil

Créditos destaque: Reprodução