Vanessa acredita que a educação é a melhor ferramenta para a transformação. Foto: Arquivo Pessoal

Sabe aquelas histórias que inspiram outras pessoas a acreditarem na potencialidade de si mesmas, a não desistirem de seus objetivos? A acadêmica de Letras Vanessa da Silva Machado é um desses exemplos. Aluna da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), ela é a única gaúcha selecionada para um programa de liderança, em Pondicherry, na Índia. A experiência no Advanced Leadership Programme – WYSE International, de 20 a 26 de outubro, vai auxiliá-la a aprimorar os projetos de empoderamento de jovens de baixa renda desenvolvidos na Região Metropolitana de Porto Alegre através da organização United States-Brazil Exchange Alumni (Usbea).

A jovem aprendeu cedo que estender a mão, incentivar alguém e compartilhar conhecimento pode ser o primeiro passo para uma grande transformação. A filha de Elizângela Gonçalves da Silva e Geverson Lopes Machado compreendeu que a educação é a chave para o desenvolvimento. Por essa razão sempre se dedicou muito aos estudos. Aos 14 anos, a estudante de Gravataí ganhou uma bolsa do governo americano para o Programa Access, no qual jovens de escolas públicas tinham a oportunidade de aprender a Língua Inglesa e eram estimulados a se tornarem líderes comunitários e realizarem atividades voluntárias. Desde então, sua vida mudou. Começou a dar aulas de Inglês e de Português para estrangeiros, a participar de outros programas de liderança e a coordenar os trabalhos da Usbea no estado. “Acredito que as pessoas nascem com uma missão. E a minha é mostrar que a educação pode mudar o mundo. Eu tinha autoestima baixa, não acreditava no meu potencial. Alguns me diziam que eu sonhava muito alto. Mas a educação é transformadora. Ao ensinar um idioma, quero causar um impacto muito maior. Desejo que o aluno abra a mente, compreenda que aprender a língua vai lhe possibilitar se comunicar melhor, conquistar o mundo.”

Vanessa na Evidência

A história de Vanessa e sua dedicação ao voluntariado foi contada na Revista Evidência de outubro (edição 253). Na publicação, você pode conhecer um pouco mais do trabalho dela para o empoderamento de jovens.