Na manhã desta quinta-feira (26/6), o prefeito de Cachoeirinha, Vicente Pires anunciou o repasse de R$ 2 milhões para o município que serão destinados à área da Educação. “Os recursos chegam através de Emenda Parlamentar do deputado federal José Stédile e reforça o nosso Planejamento Estratégico que elegeu a Educação como uma das áreas prioritárias do nosso governo. E, não tenham dúvida, foi a área que recebeu os maiores investimentos e que tem apresentado os avanços mais positivos”, declarou.

Ainda durante o anúncio, o chefe do executivo municipal lembrou que Cachoeirinha tem sido pioneira em vários projetos na Educação: “Desde 2009, entregamos uniformes e material escolar na nossa rede municipal de ensino. Mais de três mil crianças já passaram pelo projeto Música, Ação e Inclusão, que completa 10 anos de implantação em 2014. De 35 a 38% da nossa clientela escolar é atendida em turno integral. Recentemente recebemos o selo de Município Livre do Analfabetismo”.

A secretária de Educação Elisamara Roxo explicou onde serão investidos os recursos da Emenda Parlamentar. “Esse valor será investido na aquisição de mobiliário e equipamentos para as escolas municipais de Educação Infantil (EMEIs) e Ensino Fundamental (EMEFs). Vamos repor equipamentos e mobiliário em algumas escolas e acrescentar em outras. Após, vamos leiloar aqueles que estiverem em bom estado de conservação. O valor arrecadado no leilão será destinado a compra de tablets educacionais que serão utilizados em sala de aula pelos alunos”, explicou a titular da Secretaria de Educação.

O valor da emenda de R$ 2 milhões será investido na aquisição de 7.094 conjuntos de classes e cadeiras para estudantes; 180 conjuntos para professores; 180 conjuntos para cadeirantes; 182 projetores multimídia com lousa interativa; 150 computadores; 5 kits de instrumentos musicais e 41 notebooks educacionais. O valor da Emenda Parlamentar foi empenhado na última sexta-feira, dia 20 de junho, e o mobiliário e equipamentos serão adquiridos até o final deste ano, sendo disponibilizados no início do ano letivo de 2015.

 

Fonte: Prefeitura Cachoeirinha.

Crédito destaque: Fernando Planella.