Estudantes do sexto ao nono ano do ensino fundamental, público e privado, irão refletir sobre a importância da terra, da água, do ar e do fogo na vida do nosso planeta. Esses são os temas da 4ª Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente – Vamos cuidar do Brasil com escolas sustentáveis, que acontecerá de 25 a 29 de novembro, em Brasília.

Para chegarem à etapa nacional, educadores e estudantes devem se preparar nas escolas. A data final de cadastro do projeto é o dia 7 de setembro. Cada escola deve escolher um dos quatro temas, para estudar, pesquisar, debater e elaborar um projeto que será desenvolvido na comunidade, além de eleger um estudante na faixa etária de 11 a 14 anos para representá-la na etapa estadual. Feito isso, o diretor deve cadastrar o projeto na página eletrônica da conferência. O prazo para a realização da conferência escolar vai até 31 de agosto.

Dados da coordenação geral de educação ambiental da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do MEC mostram que, até 26 de julho, 600 escolas tinham concluído as conferências, registrado os projetos e eleito os delegados. Com o retorno das férias escolares, a expectativa da coordenação é que mais escolas se habilitem para as próximas fases.

Como as inscrições são realizadas diretamente no site, as Secretarias Municipais de Educação de Gravataí e Cachoeirinha (Smed) ainda não sabem informar quantas escolas municipais participam do projeto no município. A previsão é de que até sexta-feira (09/8) a informação esteja disponível.

Fonte: www.brasil.gov.br

Créditos destaque: João Bittar/ Portal do Estudante