A Juíza Dulce Ana Gomes Oppitz, da 2ª Vara Civil, interrompeu, no início da noite de ontem (14/07), o processo de impeachment que havia sido instaurado contra a Prefeita Rita Sanco, alegando que há investigações que não competem à Câmara de Vereadores de Gravataí. Além disso, deferiu liminar para imediata suspensão dos trabalhos da comissão processante, que terá dez dias para recorrer da decisão.

O processo de impeachment foi instaurado, em 10/06, depois que um requerimento do Partido Verde (PV), assinado pelo Vereador Ricardo Canabarro, conseguiu os votos necessários junto à Câmara.

Fonte: Portal Rádio Guaíba e Correio do Povo