O Hospital Dom João Becker, de Gravataí, alterou o sistema de atendimento de urgência e emergência no local. Foi adotado o Protocolo de Classificação de Risco, método que visa a desafogar as portas da emergência e agilizar o atendimento.

Neste sistema, cores identificam o grau de risco de cada paciente. A cor vermelha significa atendimento imediato; amarela, prioridade 1; verde, prioridade 2; e azul, prioridade 3, ou seja, pacientes que poderiam estar sendo recebidos nas unidades básicas de saúde. Conforme a gerente administrativa da instituição, Audrey Chrystin Pontes Francisco, o hospital fez um trabalho de conscientização antes da implantação do método. Diariamente são realizados, em média, 195 atendimentos no serviço de urgência e emergência da casa de saúde, conforme dados da Prefeitura.

Fonte: Correio do Povo

Créditos destaque: pmg / divulgação / cp