Foto: Arquivo Pessoal
Liniker, Patrícia e Zenilda preparam os pães para doação. Foto: Arquivo Pessoal

Em momentos de crise, como o que vivemos, a vontade de fazer algo pelos outros é despertada em muita gente. O estudante de Políticas Públicas Liniker Fraga não ficou indiferente à situação de famílias que passam por dificuldades, ainda mais durante a pandemia de Covid-19. Diante do cenário, ele começou a produzir pães para doar, por sugestão da irmã Lutiele Fraga. No projeto, denominado Mãos do Bem, o jovem conta com apoiadores. A mãe, Patrícia Lourenço, e a amiga Zenilda Azevedo estão engajadas na produção dos alimentos. Há também os que doam ingredientes.

Do final de abril até o início de junho, aproximadamente 800 pães foram distribuídos em comunidades como o Loteamento Princesas, Boqueirão, Costa do Ipiranga e Novo Mundo. “Todos os pães são sovados um a um, manualmente, e assados em fornos domésticos, os quais mantemos em funcionamento com as diversas doações financeiras que temos recebido. O trabalho é grande, cansa bastante os braços, mas o momento mais difícil para nós é o da entrega, quando vemos tantas famílias necessitadas, imensamente agradecidas”, comenta o universitário. Os gravataienses podem colaborar com o projeto doando farinha, fermento, azeite, ovos, sal, açúcar ou fazendo uma doação financeira para custeio da produção e distribuição dos pães. Para auxiliar, entre em contato com Liniker pelo telefone 99234-8549.