Famosa pela tradição italiana, mas incorporada pela cultura brasileira há muitos anos, a pizza comemora o seu dia nesta quarta-feira (10/7).

O Dia da Pizza foi criado em 1985, em homenagem ao então secretário de turismo da cidade de São Paulo, Caio Luiz de Carvalho. Dez de julho foi a data do encerramento do I Festival de Pizza da capital paulista, organizado por Carvalho juntamente com o publicitário Carlito Maia.

Um pouco de história

A pizza teve sua origem antes mesmo da Era Cristã, e a receita italiana, que conhecemos hoje, nada mais é do que o resultado da influência de diversos povos antigos.

Na Roma de César já existia o pão de Abraão, feito de farinha, água e sal. Quando se acrescentava ervas e alho a essa mistura, a chamavam de Piscea. Alguns estudiosos afirmam que ela também era consumida pelos gregos, fenícios e turcos muçulmanos. Devido ao intercâmbio cultural ocorrido durante as Cruzadas, a mescla desses costumes desembarcou na Itália, onde o tomate foi acrescentado.

O primeiro pizzaiolo da história foi dom Raffaele Espósito, um padeiro de Nápoles que estava a serviço da rainha Margherita. Para homenageá-la, Espósito criou uma pizza imitando as cores da bandeira italiana, utilizando mussarela, tomate e manjericão. A ela, o padeiro deu o nome de Margherita, sabor que é famoso nas pizzarias de todo o mundo até hoje.

Fontes: Site oficial de turismo da cidade de São Paulo e Infoescola

Créditos Destaque: sxc.hu