Um balanço atualizado pela Secretaria Estadual da Saúde confirmou a nona morte decorrente da gripe A no Rio Grande do Sul em 2011. Um menino de oito anos, residente em Gravataí, faleceu no hospital de Uruguaiana, na fronteira Oeste. A criança, que sofria de déficit neurológico e infecções respiratórias de repetição, não havia se vacinado. A cidade registra ainda mais um caso da doença confirmado. È um menino de um ano que está internado em Porto Alegre

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde voltou a orientar a população a manter as medidas preventivas: lavar as mãos, cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar, ventilar os ambientes e afastar os doentes do convívio social por uma semana.

O tratamento com antiviral Oseltamivir para casos suspeitos de influenza, internados ou em ambulatório, segue sendo o foco do combate à doença. O medicamento deve ser receitado pelo médico em casos suspeitos, de preferência nas primeiras 48 horas do quadro clínico (febre, tosse, dor de garganta, dores musculares e nas juntas) e está disponível nas farmácias populares e nos locais determinados pelas Secretarias Municipais de Saúde.

Fonte: Rádio Guaíba