Gestante ganhou algumas roupinhas para Pietro, que nascerá este mês. Foto: Arquivo Pessoal

Sabe aquelas situações que, inesperadamente, mudam a sua vida? Cláudia Juliana Macedo de Freitas passou por algumas delas. Há alguns meses, o esposo dela faleceu ao ser vítima de um assalto, deixando-a grávida. A previsão de nascimento de Pietro é por volta de 19 de outubro. A moradora do Residencial Breno Garcia viu tudo mudar de uma hora para outra, obrigando-a, inclusive, a parar de trabalhar como vendedora ambulante para cuidar dos demais filhos. A gestante vendia bolos e trufas na rua. A filha Nathália, que completa 18 anos este mês, a ajudava bastante, trabalhando como atendente em um mercado, além de uma ferragem e bazar. “Mas a coisa ficou mais feia quando ela perdeu o emprego. Está largando currículos, mas ninguém a chama para trabalhar”, relata a mãe.

Sem a comercialização dos doces, renda do marido e auxílio da filha, Cláudia se encontra em difíceis condições financeiras, o que preocupa, sobretudo pela proximidade do nascimento do caçula. Sensibilizada com o caso, a Associação Irmãos do Caminho (AICA) tem buscado junto à comunidade doações. Algumas fraldas tamanho P, roupinhas e outras peças para o enxoval do menino já foram doadas, porém ainda há necessidades, considerando que a moradora tem outros dez filhos. Leite para as crianças, alimentos e ajuda em dinheiro para as contas atrasadas e outras despesas são algumas das coisas que a família precisa. Um óculos para Nathália, que tem problema de visão, também é necessário. “Ela não enxerga direito, mas ainda não conseguimos comprar”, conta a gestante.

O presidente da AICA, Marcio Jardim Carpes, revela que a conta poupança da entidade foi disponibilizada para doações à família. Os dados bancários são os seguintes: Caixa Econômica Federal, agência 3450, Operação 013, conta 1294-4, Marlene Leci Jardim Carpes, CPF 584.815.080-04, e Marcio Jardim Carpes, CPF 428.172.260-20. Quem puder ajudar, pode encaminhar o comprovante de depósito para o WhatsApp da instituição, 98110-1778.

*Matéria também publicada na Revista Evidência deste mês.