O épico “Hércules” (“The Legend of Hercules”, EUA, 2014, 99min.), filmado originalmente em 3D com avançadas técnicas de efeitos especiais pelo diretor e co-roteirista Renny Harlin (“12 Rounds”, “5 Dias de Guerra”, “O Pacto”), estreia nos cinemas em circuito nacional no dia 7 de fevereiro.

“As pessoas imaginam Hércules como esse imenso homem musculoso que sai por aí fazendo coisas super-humanas – mas nós realmente queríamos nos distanciar disso e introduzir ao público um jovem Hércules em conflito com sua identidade. Nós partimos dos primórdios da vida de Hércules e fomos até o ponto em que ele aceita quem ele é. E no coração do nosso filme há uma história de amor capaz de revelar todas as variações de emoções que um semideus, o jovem Hércules, como homem, pode sentir”, explica Harlim.

Recriação, portanto, das origens do herói épico, “Hércules” trata da milenar e mágica lenda sob a perspectiva de um jovem em luta com o seu destino. Tudo começa quando a Rainha Alcmena, desesperada para libertar seu povo do domínio de seu vingativo marido e trazer paz para a terra, reza aos deuses por ajuda. Em resposta, Zeus, o senhor do Olimpo, gera com Alcmena um filho, que deverá ser batizado de Hércules e vencerá o jugo sanguinário do rei Anfitrião. Enquanto a verdadeira identidade do semideus permanece secreta – ele é chamado de Alcides – o Rei demonstra o ressentimento pela ilegitimidade de Hércules protegendo ostensivamente o primogênito, Íficles.

Ainda muito jovem, Hércules se apaixona pela Princesa Hebe, mas o Rei Anfitrião faz um acordo político e a princesa é prometida para Íficles. Enviado à guerra para morrer, Hércules estabelece uma sólida aliança com o capitão Sotiris na desafiadora jornada para derrotar a tirania de Anfitrião, recuperar seu primeiro amor e ocupar o lugar de um dos maiores heróis da Grécia.

Com Kellan Lutz (A Saga Crepúsculo) no papel-título, “Hércules” reúne um elenco de atores em ascensão, como Liam McIntyre (da série Spartacus), Gaia Weiss, Liam Garrigan, Roxanne McKee (da série Game of Thrones), Scott Adkins (“A Hora Mais Escura”, “Os Mercenários 2”) e veteranos como Rade Serbedzija (“Na Terra de Amor e Ódio”, “Jogo entre Ladrões”) e Johnathon Schaech (“Ladrões”, “Cinco Dias de Guerra”).       

Fonte: Comunicação Diamond Films Brazil

Créditos destaque: Divulgação