Teve início, nesta segunda-feira (2), as apresentações dos grupos inscritos no 2º Festival de Teatro de Gravataí, promovido pela Prefeitura, através da Fundação Municipal de Arte e Cultura (Fundarc). O primeiro grupo a se apresentar foi o vencedor do ano passado, a Tribo di Arteiros, do município de Morro Reuter, no Vale do Sinos, com a peça “Todos por uma coisa só”. A expectativa é de que esta edição atraia cerca de 500 pessoas por dia.

Segundo a diretora Rosmari Lorenzon, a peça, que estreou em 2011, foi baseada na obra “Guerreiros da Bagunça”, de Guto Greco, e retrata o problema da fome. A diretora comenta que a ideia surgiu da vontade de trabalhar com quinquilharias, sucatas e coisas antigas, unidas a um tema social.

A premiação dos vencedores ocorrerá na sexta-feira (6). As categorias avaliadas são divididas entre melhor espetáculo, melhor espetáculo pelo júri popular, prêmio especial do júri oficial, melhor diretor, melhor atriz, melhor ator, melhor atriz coadjuvante, melhor ator coadjuvante, texto inédito, melhor iluminação, trilha sonora, cenário, figurino e maquiagem. Todos os participantes receberão certificados e medalhas, e os vencedores ganharão troféus e prêmios em dinheiro.

Os espetáculos ocorrem durante toda a semana, sempre às 14h, 16h, 19h30min e 21h, no teatro do Sesc Vale do Gravataí. Confira toda a programação do festival:

2/9 Segunda-feira

18h30m – “Bondi Dos Coroinhas” – Cia Brechó D’teatro, Gravataí;

19h30m – “PT Saudações” – Cúmplice, de Porto Alegre;

21h – “Sonhos Impossíveis” – Teatro dos Sonhos, de Porto Alegre

3/9 Terça-feira

14h – “O que foi que eu fiz” – Cometa da Alegria, de Gravataí;

16h – “Uma fada no freezer” – Coletivo de Artistas, de Porto Alegre;

19h30min – “Remoto controle” – Tribu de Arteiros, de Morro Reuter;

21h – “Maldito Papai” – Jogo de Damas, de Novo Hamburgo;

4/9 Quarta-feira

14h – Livre;

16h – “A guerra dos Sexos está Declarada” – Perdido na Coxia, de São Leopoldo;

19h30min – “Fando e Lis” – Coletivo 7 de Teatro, de Charqueadas;

21h – “Os descasados” –  Renascença Cia de Teatro, de Montenegro;

5/9 Quinta-feira

14h – “Vida fora da gangue” – Farroupilha de Artes Cênicas, de Farroupilha;

16h –  “Liberdade de Expressão” – Núcleo Artes Cênicas Paranóia, de Novo Hamburgo;

18h30m – “História do tempo” – Teatro de Quitas, de Novo Hamburgo;

21h – “Antígona” – Teatro do lírio, de Porto Alegre;

6/9 Sexta-feira

14h – “Moda de viola” – Deixa Queto, de Novo Hamburgo;

16h – “A intrusa” – Cia Retalho de Teatro, de Santa Maria;

20h – “Gota D’Agua” – 100 Limites, de Gravataí

21h – Premiação Oficial

Fonte: http://www.gravatai.rs.gov.br

Créditos destaque: Cristine Luiza Schmidt