Foto: Arquivo/Revista Evidência

O decreto 18237/2020, publicado no Diário Oficial do Município do dia 6 de outubro, estabelece requisitos sanitários para a autorização da retomada das atividades presenciais da Educação Infantil da rede privada, em Gravataí. Segundo a Prefeitura, serão duas etapas para que as instituições possam retornar às aulas presenciais. Na primeira, as escolas devem apresentar uma documentação (especificada no decreto). Se houver aprovação nesta fase, o processo terá continuidade com o envio do Plano de Contingência e a emissão do Termo de Responsabilidade Sanitária. Recentemente, o prefeito Marco Alba anunciou durante uma live que as aulas da rede pública municipal e conveniados não serão retomadas em 2020.