Os diretores das escolas de ensino fundamental e de educação infantil do município, juntamente com a secretária municipal de Educação, Maria do Carmo Weber Alba, decidiram, na tarde desta terça-feira (09/07), suspender as aulas do dia 11 de julho.

A decisão, que foi tomada por unanimidade na reunião, teve como principal motivo a falta de transporte público anunciada pelas entidades organizadoras da greve. No entanto, no fim da tarde de ontem, a Sogil comunicou que os ônibus irão funcionar normalmente em Gravataí.

A nota divulgada no site da empresa salienta que, se ocorrerem problemas de circulação viária, poderão haver alterações na operação do transporte. Segundo a supervisora de comunicação da Sogil, Cândida Gomes, não existe uma orientação geral para as empresas de transporte público. Sendo assim, independentemente da posição dos sindicatos da categoria, a Sogil optou pela normalidade de seu funcionamento.

Em Cachoeirinha, a orientação é de que cada escola defina se haverá aulas neste dia. A prefeitura deve apresentar, até o fim da tarde de hoje, um posicionamento com relação ao serviços públicos do município. 

Fonte: Site da Prefeitura de Gravataí, Comunicação Sogil, Prefeitura Cachoeirinha

Créditos Destaque: Secom Gravataí