O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que dirigir com concentração de álcool igual ou superior a seis decigramas por litro de sangue é crime, mesmo sem causar acidente. A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (03/11).

Antes da lei seca de 2008, só havia crime se o motorista embriagado causasse algum dano ou agisse de forma imprudente.

Fonte: Zero Hora

Créditos Destaque: bestblog.com.br