Recomendação é colocar a carteira de vacinação em dia. Foto: Arquivo SES

Este sábado (19/10) será o Dia D de vacinação contra o sarampo em todo o país para crianças acima dos seis meses e menores de cinco anos. A orientação da Secretaria Estadual da Saúde é que todas as mais de 1,8 mil salas de vacinas estejam abertas extraordinariamente neste dia para a imunização. A vacinação é a forma mais eficaz de se proteger da doença, que neste ano já teve 17 casos confirmados no Rio Grande do Sul. Somente nos últimos 90 dias, o país teve mais de 6,6 mil casos de sarampo confirmados. As unidades de saúde ficam abertas até às 17h.

Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. O calendário básico de vacinação oferece duas vacinas contra o sarampo. A primeira é aos 12 meses de idade, com a tríplice viral, que protege também contra a rubéola e a caxumba. A proteção precisa ser completada aos 15 meses com uma dose da tetra viral, que imuniza para as mesmas três doenças mais a varicela (ou catapora). Além dessas duas doses, em virtude do surto da doença no Brasil, o Ministério da Saúde está recomendando uma dose extra para as crianças entre os seis e 12 meses. Ela não substitui a primeira dose (aos 12 meses) e por isso é chamada de “dose zero”.

Fonte: Secretaria Estadual da Saúde