O presidente norte-americano, Barack Obama, e o seu antecessor, George W. Bush, deixaram de lado as disputas políticas e participaram juntos, neste domingo (11/09), das homenagens às 2.983 pessoas que morreram nos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001. Para lembrar os dez anos do maior ataque já realizado contra os Estados Unidos, Nova Iorque realizou uma cerimônia em homenagem às vítimas do terrorismo.

Foi a primeira vez que este tipo de acontecimento ocorreu no 'Marco Zero', local onde ficavam as torres gêmeas e, agora, foi construído um memorial às vítimas – que será aberto a partir de amanhã para o público em geral (neste domingo, apenas familiares tiveram acesso).

Em momentos alternados, foram realizados seis minutos de silêncio, cada qual para lembrar uma parte da tragédia: o momento exato quando o primeiro dos dois aviões sequestrados atingiu uma das torres do World Trade Center, a hora dos choques dos outros três aviões e a queda de cada uma das torres .

Logo em seguida foi iniciada a leitura, por familiares, do nome das vítimas, um a um. Esse foi um dos momentos-chave das homenagens. Sinos soaram em toda a cidade.

Fonte: G1