O empate em 0 a 0 com o Mogi Mirim na tarde de ontem (26/08), no Estádio Vieirão, marcou a despedida do Cerâmica na Série D do Campeonato Brasileiro. A equipe gravataiense precisava de uma vitória para avançar para as oitavas-de-final da competição. O apito final trouxe tristeza para a torcida que aplaudiu o grupo de jogadores pelo esforço, garra e determinação.

Um dos destaques ceramistas na Série D, o goleiro Alexandre Villa resumiu, antes de deixar o campo, o sentimento dos atletas. “A gente sai de cabeça erguida. Lutamos até o fim pela classificação contra uma equipe forte. O grupo todo está de parabéns pelo esforço mostrado em campo. Mas o futebol é assim mesmo. Alguém tem que sair”, resumiu.

Ao final da partida, o técnico Ben-Hur Pereira conversou com os jornalistas, lamentando a desclassificação. “Batemos na trave. Mas que essa campanha deixe um aprendizado importante para o clube e para todos os profissionais que participaram dela”, explicou.

O Cerâmica volta a campo na noite da próxima quarta-feira (29/08), às 20h, para enfrentar o Novo Hamburgo, em partida válida pela Copa Hélio Dourado.

                                    

Fonte: CAC

Créditos destaque: Divulgação/CAC