A Revista Evidência traz uma nova matéria sobre a mobilização das agremiações políticas para as eleições municipais, adiadas para novembro. Na edição de agosto, alguns partidos já informam os pré-candidatos para o Executivo Municipal, assim como relatam como tem sido a preparação para o pleito. As convenções, nas quais haverá definição das candidaturas, serão realizadas entre o fim deste mês e a primeira quinzena de setembro. Ao longo desta semana, vamos divulgar trechos da reportagem no site. Acompanhe!

Democracia Cristã – DC

A convenção partidária da Democracia Cristã está programada para cinco de setembro. Apesar das decisões que serão tomadas na ocasião, o tesoureiro do partido, Pablo Torena, adianta que a sigla pretende apoiar Anabel Lorenzi, que é a pré-candidata do PDT à Prefeitura. “Não apresentaremos candidaturas próprias porque a Democracia Cristã passa por um processo de reconstrução no Rio Grande do Sul. A atual Executiva Estadual foi nomeada no final de março, tivemos pouco tempo para buscar candidatos.  E o fato de não termos fundo partidário e nem eleitoral, diminuiu o interesse das pessoas em se candidatarem pelo partido”, afirma.

Partido Renovador Trabalhista Brasileiro – PRTB

O PRTB afirma que “trabalha por um projeto com continuidade e que garanta o crescimento econômico e social de Gravataí”. Com um planejamento de longo prazo, o partido optou por não dispor de candidatos ao pleito para a Câmara de Vereadores. Já a candidatura da eleição majoritária será debatida. Por enquanto, avalia-se a formação de uma aliança. As definições devem ocorrer na convenção, ainda sem data prevista pelos integrantes.