Crianças de 6 a 10 anos dos programas sociais do município Casa Abrigo e do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos participaram, nesta terça-feira (22/11), do 1º Encontro de Contação de História Afro, promovido pela Associação Cultural e Beneficente Seis de Maio, clube social negro de Gravataí, localizado no bairro Oriçó. O evento integrou as comemorações da Semana da Consciência Negra e trouxe palestrantes de Gravataí e de municípios da região.

Pelo salão do clube, cartazes traziam imagens sobre a cultura afrobrasileira e livros e revistas foram expostos, bem como objetos africanos. A idealizadora do evento, a educadora social do Programa de Trabalho Educativo com Crianças e Adolescentes (Peteca), Rosane Brito, contou diversas histórias infantis que retratam o universo da cultura afrobrasileira. Músicas e livros como “Negrinha” e “O Pavão do abre e fecha” encantaram e mostraram para a gurizada personagens que representam a população brasileira.

Durante a atividade, a diretora social da Associação Seis de Maio, Cristiane Gomes da Silva, apresentou em slides a história dos 55 anos da entidade. “A Seis de Maio é um clube social negro onde valorizamos a cultura afrobrasileira em diversas atividades e eventos, como bailes, concursos e projetos, buscando a integração entre as etnias”, salientou.

A Contação de Histórias teve a participação especial do poeta negro Milton Pontes, que recitou poesias de sua autoria para as crianças e da representante da Livraria Editora Nandyala, Luciane Silva, que expôs dezenas de livros que abordam a temática afro. Vinda de Cachoeirinha, a diretora de teatro e professora de Língua Portuguesa, Rosane Castro, aguçou o imaginário das crianças com instrumentos como apitos e chocalhos ao contar suas histórias.

Também foram convidados para a atividade o mestre griô João Carlos Prudêncio, assessor das coordenações de Diversidade Cultural e Culturas Populares da Secretaria do Estado de Cultura do RS e Júlio Cezar dos Santos, de Canoas, criador do Boneco Bastião, participante do primeiro encontro de contadores de história de Canoas.

Fonte: Prefeitura de Gravataí

Créditos Destaque: Prefeitura de Gravataí