As perguntas de uma entrevista de emprego mudam conforme o perfil dos entrevistadores. Para ajudar o entrevistado, foram extraídas as 12 perguntas mais comuns de um ranking de 100 questões. Confira abaixo quais são e algumas dicas:

1. Fale um pouco sobre você. É um clássico da entrevista de emprego e tem entre os seus objetivos saber um pouco sobre você, e se tem coerência e capacidade de síntese.
Dicas: Seja ponderado e sucinto; controle a ansiedade e ensaie a sua melhor resposta na frente do espelho: isso lhe dará mais segurança.

2. Quais são os seus pontos fracos? Seja honesto em relação aos seus defeitos mais evidentes: se você for contratado, é possível que estas falhas apareçam.
Dica: Não mais que três pontos fracos, não menos que um – afinal, ninguém é perfeito.

3. Por que você quer este emprego? É uma pergunta perigosa. Responda de forma sincera, mas ao mesmo tempo tenha em foco os objetivos da empresa e do cargo em questão.
Dica: Ensaie a resposta conforme a oportunidade.

4. Se você pudesse estar em algum lugar do mundo agora, onde estaria? O objetivo pode ser lhe conhecer melhor, verificar sua capacidade de ser objetivo ou seu comprometimento.
Dicas: Ganhe tempo, pergunte se pode refletir um pouco antes de responder: isso demonstra que você está sob controle e que tem capacidade de manter o racional mesmo sob pressão. Tenha bom senso.

5. O que atraiu você em nossa empresa? É uma pergunta muito comum em entrevistas.
Dica: Tudo o que você precisa dizer é a verdade, sem exageros. Se você chegou até esta etapa, deve saber o que pretende e por que escolheu determinada organização.

6. Quais seus objetivos em termos de desenvolvimento profissional? Busca-se saber se você tem planejamento a longo prazo para sua carreira.
Dica: O futuro é um horizonte de não mais que cinco anos. Seja pragmático.

7. Por que deveríamos contratá-lo? É outra pergunta muito comum em entrevistas e busca saber se você sabe se vender bem sem ser caricatural.
Dicas: Evite exagerar nas suas qualidades; focalize a ação.

8. O que você conhece sobre a nossa companhia? Esta questão também aparece muito em entrevistas. A meta é saber se você fez o trabalho de casa básico, ou seja, informar-se sobre a companhia na qual pretende trabalhar.
Dica: Visite o site da empresa e leia sobre sua história, produtos e missão.

9. Qual foi a sua maior derrota, e o que você aprendeu com ela? A resposta não será fácil, pois toca em um ponto delicado: a ideia de fracasso.
Dicas: Não fique nervoso, lembre-se de que todos passamos por dificuldades e não exagere na tragédia, pois ela poderá mostrar o tamanho de sua inteligência.

10. Descreva a sua personalidade em cinco palavras. Nada mais natural para um recrutador do que tentar conhecê-lo melhor.
Dicas: Esta é uma resposta para se ter com facilidade, pois mostra que você reflete sobre si mesmo e se conhece bem. Mas não responda muito rápido, pois pode soar como uma resposta artificial, ensaiada.

11. Qual é a sua a maior realização fora do trabalho? Outra pergunta para lhe conhecer melhor e verificar se você tem uma vida própria, com interesses pessoais que vão além do trabalho. É saudável ter hobbyes.
Dicas: Reflita sobre seus interesses pessoais e tenha respostas adequadas ao perfil da empresa.

12. Por que você está deixando o seu trabalho atual? Esta pergunta é abrangente, complexa de se responder e pode se transformar em uma armadilha se você tiver um perfil impulsivo.
Dicas: Em hipótese alguma fale mal de seu emprego atual ou anterior, ou de colegas e ex-colegas, chefes e ex-chefes. Fuja do chavão “estou em busca de novos desafios”. Responda de forma impessoal e sem rodeios, focando no que você busca além do cargo que ocupa em sua empresa atual.

Texto extraído de Zero Hora. Fonte: Süddeutsche Zeitung. “Die 100 wichtigsten Fragen im Vorstellungsgespräch”.

Créditos Destaque: comofas.com