O governo municipal passa a adotar a partir de hoje mais uma ação para reduzir lixões irregulares e ampliar as possibilidades de depósito de resíduos pela comunidade. A partir desta noite, 900 contêineres começam a ser instalados nas principais avenidas e ruas da cidade, modernizando o sistema de coleta do município através de um investimento de cerca de R$ 7 milhões – eles estavam sendo adesivados no Distrito Industrial.


A instalação começará pela avenida Flores da Cunha, seguindo para os bairros nos próximos dias. Conforme o secretário de Serviços Urbanos, Jorge da Silva, a Conesul, empresa vencedora da licitação, instalará 50 equipamentos por dia, até completar a operação. Acondicionados em sacolas, os resíduos podem ser levados para os contêineres a qualquer hora do dia ou da noite. A coleta será diária. Com isso, o sistema anterior de recolhimento não funcionará mais nas quadras onde forem implantados esses equipamentos.

Silva afirma que essa nova política é padrão adotado por muitos países desenvolvidos e chega em boa hora em Cachoeirinha. "É uma tecnologia que vem nos auxiliar a combater os lixões e colaborar para uma cidade mais limpa e bonita e para a qualidade de vida de toda a população", definiu o secretário, que nesta manhã acompanhou o processo de adesivagem na sede da empresa contratada.

O Prefeito Vicente lembrou que esta é mais uma ação do plano de governo da atual gestão colocada em prática e que o objetivo é oportunizar à comunidade mais comodidade. "Esses equipamentos vão aumentar a capacidade de armazenagem, com isso vai reduzir a exposição de lixo nos passeios. Não queremos mais ver resíduos dispensados em leitos de ruas, canteiros e terrenos baldios e isso será falado com a comunidade", convocou o prefeito.


POLÍTICA PÚBLICA – O sistema de 900 contêineres vai se somar à política municipal de coleta e descarte de resíduos, que inclui dois ecopontos para depósito gratuito de entulhos, a coleta seletiva, o galpão de reciclagem, que permite geração de trabalho e renda para dezenas de famílias, e a coleta tradicional, que continuará sendo feita nas ruas não atendidas pelos novos equipamentos.

SAIBA MAIS

COMO CACHOEIRINHA QUER SE TORNAR UMA CIDADE MAIS LIMPA E BONITA

COLETA SELETIVA
. Na Flores da Cunha, serão instalados contêineres exclusivos para coleta seletiva de papel, plástico, vidro e metal, identificados por adesivos laranjas na tampa. Nos bairros, o sistema continua igual: nos mesmos dias e horários no Interior 1 e às quartas-feiras em todo o restante da cidade, mediante agendamento pelo 3041.6218. Confira as informações completas desse serviço aqui


COLETA DO LIXO DOMÉSTICO
Onde houver contêiner, o caminhão do lixo não passará mais. A coleta será frequente, a fim de evitar acúmulo de resíduos. Onde não forem instalados contêineres, a coleta continua igual, nos mesmos dias e horários. Confira a agenda aqui


ENTULHO
A comunidade conta com dois ecopontos, um na zona sul, atrás do Shopping do Vale, e outro na zona Norte, ao lado da Igreja Santa Clara, na Granja. Os locais permitem o descarte de restos de obra, galhos, caliça, móveis, etc, gratuitamente. A prefeitura também faz o recolhimento gratuito desses materiais na casa do cidadão, mediante agendamento pelo 3041.6218. Saiba mais aqui


DENÚNCIA DE DESCARTE IRREGULAR DE LIXO
O governo municipal adotou a Patrulha Ambiental, que atende denúncias da comunidade com o deslocamentos de fiscais ambientais e autuação do infrator em flagrante. A multa pode ultrapassar R$ 2 mil. O serviço deve ser acionado pelo telefone 153.

SOBRE O NOVO SISTEMA

. A coleta automatizada em contêineres é um sistema de coleta de resíduos que substitui a tradicional coleta de lixo domiciliar. Neste moderno sistema de coleta, junto ao meio-fio são disponibilizados contêineres metálicos que recebem todo o lixo domiciliar a qualquer hora do dia ou da noite
. O trabalho de coleta dos resíduos é realizado por um caminhão provido de braços robotizados e outro que, periodicamente, faz o serviço de lavagem dos contêineres. Entre as grandes vantagens da coleta automatizada, além da disponibilidade 24 horas por dia, é a de garantir agilidade, segurança e muita higiene ao processo, deixando as vias públicas muito mais limpas
. A tradicional montanha de lixo em frente às casas e estabelecimentos comerciais termina, evitando também a ação de cães, gatos, ratos e outros animais.
 

Fonte: Diretoria de Comunicação Social / Secretaria de Governo

Crédito destaque: divulgação