Acampamento reuniu chefes escoteiros de 18 grupos. Foto: Arquivo Pessoal/Júlio Barbosa
Jogos e atividades desafiadoras fizeram parte da programação. Foto: Arquivo Pessoal/Júlio Barbosa

O 13º Distrito Escoteiro promoveu, nos dias 25 e 26 de janeiro, em área da IGUI Gravataí, o 4º Acampamento de Chefes. Segundo o coordenador distrital, Júlio Barbosa, 82 pessoas participaram do evento, que teve como tema “Alerta, chefe escoteiro!”. Com uma extensa programação, o encontro reuniu 18 grupos. Destes, seis atuam na região: Murialdo, Anita Garibaldi, Guajará Mirim, Harambee, Marista Irmão Dionysio Tonial e Alencarino Scarpetti. Entre as atividades, jogos com pioneiria e técnicas de campo, palestra com o filósofo Mário Sá e avaliação dos pontos positivos e negativos ao término da edição. Basicamente, as ações tinham como propostas a integração e a reflexão sobre alguns temas relacionados ao movimento escoteiro. Os projetos também estimularam os participantes a aprender a lidar com adversidades.

Rober Martins (à esquerda) foi eleito o Chefe Alerta da edição. Recebeu um chapéu do coordenador do distrito, Júlio Barbosa. Foto: Arquivo Pessoal/Júlio Barbosa

Conforme o coordenador, homenagens também foram prestadas a alguns chefes escoteiros.  Após votação e avaliação da diretoria do 13º Distrito, Rober Wagner Nunes Martins, do Grupo Escoteiro Guia Lopes, de Porto Alegre, foi agraciado com a premiação de Chefe Alerta do evento. Ele recebeu um chapéu, símbolo de cobertura e proteção para os escotistas. Julinho também homenageou a esposa, Ângela Maria Fonseca Barbosa dos Santos, com quem está casado há 46 anos. A Patrulha Sinal recebeu a Flor de Lis por ter se destacado em vários critérios analisados pelo distrito. A realização do Acampamento de Chefes era um sonho de Eraldo Krueger, que dirigia o Grupo Alencarino Scarpetti e faleceu em 2016.